sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Sendo Exemplo de Amor para as Nossas Crianças

Ouve, pois, ó Israel, e atenta em os guardares, para que bem te suceda, e muito te multipliques, como te disse o SENHOR Deus de teus pais, na terra que mana leite e mel.
Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR.
Amarás, pois, o SENHOR teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças.
E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração;
E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te.
Também as atarás por sinal na tua mão, e te serão por frontais entre os teus olhos.
E as escreverás nos umbrais de tua casa, e nas tuas portas. 

Deuteronômio 6:4-9

Amarás o Senhor teu Deus!
O livro de Deuteronômio é o último livro do Pentateuco. Trata-se de um belo livro. Não é de admirar que seja o livro mais citado por Jesus que qualquer outro livro o Antigo Testamento. Basicamente, ele é o registro dos três últimos discursos de Moisés para a nação de Israel enquanto eles estão do outro lado do Jordão preparando-se para entrar na terra Prometida.

O título “Deuteronômio” vem de uma palavra do capítulo 17.18 da versão grega do livro. O nome vem da junção dos dois termos: DEUTER(O) = Segundo e NOMOS = Lei, ou seja, trata-se da releitura da lei ou reapresentação da Lei. Moisés, usado por Deus, relembra o povo que Deus havia feio uma aliança com a primeira geração e não estava prestes a fazer uma “nova aliança” com a geração seguinte. O concerto seria o mesmo. Moisés conclama o povo a se apropriarem integralmente do primeiro concerto. Deus já tinha feito tudo o que era necessário para o povo. Bastava apenas a obediência. Deus sabia que se o povo não fosse lembrado do conserto, ao entrar na terra prometida, certamente se contaminariam com os falsos deuses que habitavam a terra. Deus revelou seu profundo amor e cuidado para com o povo trazendo à memória as recompensas da obediência e a consequência da desobediência.

Deus, em sua infinita misericórdia, traz um alerta ao povo com um chamado à lembrança. O verbo Shãma aparece cerca de 1.160 vezes na Bíblia, mas o mais conhecido está em Dt 6. Ele pode se traduzido como: OUVIR. Pode também ser usado como OBTER CONHECIMENTO. Mas aqui no texto lido Ele faz um CHAMADO À LEMBRANÇA, um verdadeiro alerta ao compromisso de amar o único Senhor. Uma convocação ao monoteísmo, bem diferente do que eles encontrariam do outro lado do Jordão.

A ordem era AMAR o Senhor de todo CORAÇÃO, e de toda a ALMA e de todo o seu PODER. Este chamado revela que o amor não é um simples SENTIMENTO, mas sim uma ESCOLHA. Você escolhe o que deve ser amado. A sociedade costuma ter algumas afirmações sobre o amor: “O amor é um sentimento que não se explica”; “O amor justifica tudo” e por fim “não se pode dizer para coração a quem devemos amar”. São mentiras colocadas para desvirtuar o verdadeiro sentido do amor. No texto bíblico vemos que Deus revela que o amor deve ser RACIONAL, ou seja, podemos escolher o que deve ser amado. Ele ainda diz que deve ser de TODO CORAÇÃO, como que ocupando toda sua vida, sem reservas. Outra coisa é que o amor deva ser de TODA ALMA. Um amor não mecânico, mas com muito sentimento, do fundo de sua alma, não por obrigação. E por fim de TODO O SEU PODER. Deve ser bastante intenso. Isso é possível? Por que Deus cobraria um amor tão profundo e tão marcante? Porque Ele é o nosso modelo de amor e Deus nos ama exatamente desse jeito. De todo CORAÇÃO, e de toda a ALMA e de todo o Seu PODER.

Um amor incondicional
É assim que Deus nos ama. Sem reservas. Um amor profundo a ponto de entregar seu filho para morrer numa cruz no meu lugar e no seu lugar. Esse é o maior exemplo de amor. Por isso Ele pode exigir de nós o mesmo comportamento e a mesma escolha.
Essa passagem encerra o tema central de Deuteronômio. Estabelece um padrão que nós devemos ter na Palavra para nossa vida diária.

Onde eu quero chegar com esse assunto?
Deus nos deu o método infalível para levar nossos filhos ou nossas crianças para os caminhos do Senhor. O senhor nos enfatizou a importância de os pais ensinarem a Palavra aos filhos. A igreja e a Escola Dominical também não podem negligenciar essa responsabilidade, mas cabe aos pais ensinar seus filhos a amarem o Senhor.

Eu costumo repetir uma frase que eu ouvi certa vez: “DEUS NÃO TEM NETO”. Quando criança, o filho segue o DEUS DE SEUS PAIS, mas ele precisa chegar ao nível de ter a sua própria experiência com Deus. A salvação é individual e, mesmo ainda criança, ela precisa ter um encontro pessoal com Jesus. Se ela postergar esse momento e não fizer sua decisão pessoal ainda na infância, as chances de se afastar da igreja na adolescência são muitas.

O método foi dado por Deus. A estratégia está montada. Se você deseja que seus filhos sigam a Deus, basta seguir a orientação divina. O ideal é fazer que o Senhor esteja presente em suas experiências diárias. O ensino sobre Deus e suas maravilhas deve ser passado de forma zelosa. A ponto de elas conseguirem enxergar Deus em todas as áreas de sua vida, e não somente naquelas relacionadas à igreja.

Certa vez minha família estava reunida na casa de um casal amigos de nossa igreja. Ligamos e pedimos uma pizza e ao nos reunirmos para comer, decidi fazer uma oração para agradecer pelo lanche. Fiquei assustado quando a filha do casal questionou: “Vai orar pela Pizza?” Percebi que possivelmente naquela casa não se tinha o costume de orar nas mais diversas situações até para uma coisa simples como “agradecer pelo lanche”. Muitas famílias e suas crianças estão acostumadas a orar somente naquelas ocasiões especiais com orações bem básicas e quase decoradas para agradecer pelo almoço, pelo jantar, ao levantar e ao dormir. Não sabem o que é ter uma vida de oração. Momentos de diálogo com Deus. Estão orando apenas para cumprir sua obrigação religiosa.

Minha mente começa a questionar:
  • Qual ensinamento os pais de hoje estão passando para os seus filhos?
  • Quanto tempo estamos investindo em nossas crianças?
  • Com que empolgação os ensinamentos sobre Deus estão sendo transmitindo pelos pais?
A criança tende a copiar as ações e comportamento de seus pais. Quando um pai tem torce por um time de futebol e tem paixão pelo time. Assiste aos jogos com emoção, grita quando sai um gol, sofre quando o seu time querido perde... O filho ao ver a empolgação e a devoção que pai o tem pelo seu time o tem como exemplo de felicidade. A chance da criança também torcer pelo mesmo time do pai é muito grande. Só pela empolgação demonstrada. A criança, que tem no pai o seu herói, entende ser esse comportamento muito bom. Não estou aqui criticando quem torce por um time A ou B. O que mexe comigo é: e quando ensinamos sobre Deus? Com que satisfação estamos falando para nossas crianças sobre amor de Deus? Qual é a empolgação que passamos para os nossos filhos sobre nossa “paixão” sobre Deus. Qual é a intensidade do nosso amor para com Deus a ponto de ser copiada pelos nossos filhos?

Jesus precisa ser herói de suas crianças. Ele precisa ser a pessoa mais importante da vida das crianças. Nossas crianças precisam perceber nossa total submissão a Cristo. Ela precisa entender o amor de Deus como algo especial em sua família e na sua própria vida. Só assim ele também terá Jesus Cristo como seu melhor amigo.

E como podemos ser exemplo para as nossas crianças? Em João 14.21 temos uma excelente dica: “Aquele que tem os meus mandamentos e os GUARDA esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele”. Quem ama a Deus guarda a sua PALAVRA. Essa é a condição sinequanon (“sem o qual não pode ser”) para provar o seu amor a Deus.
No livro de Salmos 119.9 temos o exemplo de como podemos purificar o nosso coração: “Com que purificará o jovem o seu caminho? Observando-o conforme a tua palavra.” Através da PALAVRA.
Como ser exemplos para os nossos filhos? A resposta está em I Timóteo 4.12,13 "Ninguém despreze a tua mocidade; mas SÊ O EXEMPLO dos fiéis, na palavra, no trato, no amor, no espírito, na fé, na pureza. Persiste em ler, exortar e ensinar, até que eu vá."  Ser exemplo na PALAVRA.
Nossos filhos precisão ser nossos IMITADORES, só que para isso precisamos ser EXEMPLOS.

Bibliografia:
Dever, Mark - A Mensagem do Antigo Testamento, Editora CPAD
Zuck, Roy B. - Teologia do Antigo Testamento, Editora CPAD
Vine, W.E. - Dicionário VINE, Editora CPAD
Hamilton, Victor P. - Manual do Pentateuco, Editora CPAD
Harrison, R.K.: Tempos do Antigo Testamento, Editora CPAD

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Saiba como foi o 3º Congresso da APEC em Xerém/RJ


Com muita alegria no coração, eu, Newton Cezar, minha esposa Andréa Cezar, nosso filho Lucas Cezar e, ainda na barriga, a Larissa Cezar. Estivemos em no 3º Congresso da APEC  palestrando através da oficina "A utilização do lúdico e da criatividade no ensino" - Como fazer uso do Lúdico e da Criatividade no Ensino, através de Teatro de Fantoches, Atividades, Recursos Didáticos  e conseguir segurar a atenção, conquistar o interesse, o amor e o carinho das crianças. Nosso objetivo foi ensinar sobre Deus e sobre como evangelizar crianças com atividades criativas e brincadeiras. 

O Congresso da APEC teve como tema: A Excelência no Ministério com Crianças e aconteceu nos dias de 25 a 27 de Novembro de 2011 no Centro de Convenções João Wesley em Xerém, Duque de Caxias/RJ. 
Para nós foi um prazer estar entre ilustres palestrantes homens e mulheres de Deus. Estavam presentes: Gilberto Celleti Superintendente Nacional da APEC Brasil, Cilena Cumming , Pr. Antonio Jorge de Araujo, Pr. Joelson Miranda e Renata Duarte, Keltt Campos, Sara Sung Park, Miss. Keila Araujo entre outros Missionários da APEC.

Palestras edificantes de farto conhecimento e muita experiência foram transmitidas e pelas infinitas misericórdias de Deus, muitos líderes e professores de crianças foram alimentados e abastecidos com o puro leite espiritual. Basta agora colocar em prática tudo o que foi apreendido e alcançar muitas e muitas crianças para o nosso Senhor Jesus Cristo. 

Veja algumas fotos do evento:


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Estimular a fé em crianças pode trazer benefícios, dizem especialistas


01/11/2011 - 12:00 - CPADNEWS


É importante lembrar que a religião oferece bases sólidas para a educação das crianças

A sociedade moderna tem se afastado cada vez mais da religião, fazendo com que o tema ganhe menos espaço nas famílias que hoje ou não seguem nenhuma fé ou mesclam várias teorias dentro de uma mesma casa. O distanciamento e o sincretismo estão refletindo entre as crianças que cada vez mais estão distantes da fé.

O que muitos pais se esquecem é que a religião ajuda as crianças e assimilarem questionamentos importantes para vida. E não é só isso, segundo filósofos e professores de teologia, o ensino religioso faz com que a crianças tenham mais autoestima e esperança.

De acordo com dados de uma reportagem da revista Cláudia (edição nº11 ano 50) os hábitos religiosos que eram passados de pais para filhos não são mais levados a diante já que ter uma religião não tem o mesmo significado de respeito como acontecia a anos atrás.

O teólogo e coordenador da Escola Superior de Teologia da Universidade Mackenzie, em São Paulo, Rodrigo F. de Sousa, diz que hoje não existe a expectativa de ter uma religião para ser respeitado pela sociedade, fato esse “que liberta as pessoas para buscar uma filiação por interesse e convicção, e não simplesmente por convenção social”.

Mas por outro lado essa liberdade tem deixado de lado um importante ensinamento deixado por Salomão no livro de Provérbios que diz: “Ensina a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele” (Prov. 22:06).

Pesquisas mundiais mostram que cada vez mais os jovens entendem que podem crescer espiritualmente sem ter religião, fato demonstrado por um estudo feito nos Estados Unidos que entrevistou 3.290 jovens, de 13 a 17 anos. Destes, 75% dizem que não precisam ter religião para crescerem espiritualmente.

No Brasil não há pesquisas relacionadas a isso, mas o filósofo e professor titular do departamento de Teologia e Ciências da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, o doutor Mario Sergio Cortella, exemplifica como esse problema acontece em nosso país: “O pai é ateu, a mãe é espírita, os avós são evangélicos e os netos serão o que quiserem”.

Cortella diz para a reportagem de Cláudia que é indispensável criar os filhos com noções de espiritualidade. “É importante, sim. Ela nos dá a sensação de pertencermos a algo maior, ao magnífico mistério da humanidade que não se restringe à matéria, ao concreto”, diz.

O filósofo também fala dos benefícios desse ensinamento. “Isso traz autoestima para a criança, faz com que se sinta elevada, incentivando-a a reverenciar a vida – a dela e a dos outros -, os valores humanos e a beleza da natureza. Também traz noções de esperança, que combatem o desespero”.

Dora Incontri, pós-doutora em educação pela Universidade de São Paulo e organizadora do livro Educação e Espiritualidade – Interfaces e Perspectivas (Ed. Comenius) também opinou sobre o tema dizendo que a religião “confere sentido à existência, auxilia no equilíbrio interno e traz apoio diante do sofrimento e da morte”.

Fonte: Gospelprime com informações Revista Cláudia

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

12º CONOCRIN - Minha Vida IMPACTO para a Nação

O tema escolhido para o 12º CONOCRIN - Congresso das Organizações de Crianças da Primeira Igreja Batista de Campo Grande foi “Minha Vida IMPACTO para a Nação”, mesmo tema da campanha da Junta de Missões Nacionais para o ano de 2011. A proposta é fazer uma análise para descobrir qual tem sido a participação da família na pregação o evangelho e na salvação de nossas crianças. Como temos impactado nossos filhos? Quais os valores espirituais e qual tem sido a prioridade em nossos lares? Jesus tem ocupado o seu devido lugar de Senhor e Mestre em nossas famílias ou Ele é apenas um ilustre visitante aos domingos? Realmente cremos no Seu poder ou estamos contando para nossos filhos apenas lindas historinhas da Bíblia como se fossem “Contos de Fadas?

A criança que aprende sobre Deus, primeiramente recebe-O como “o Deus dos seus pais”. Ainda quando pequena não consegue dissociar e crer em Deus por si própria. Precisamos direcioná-las a terem um encontro pessoal com Deus. Assim elas terão maturidade e uma fé fortalecida em um Deus pessoal. Crendo no Senhor Jesus como seu único e suficiente Salvador. É aqui que vemos a importância da participação dos pais e professores de crianças. Precisamos impactar a família com o verdadeiro amor de Cristo através de uma adoração sincera e no reconhecimento de Sua soberania.

É fato que atitudes humanas que causam impacto positivo na vida de outras pessoas sempre são cercadas de amor e dedicação. Para que possamos impactar a vida de nossos filhos e de nossas crianças, precisamos viver e demonstrar o nosso sincero amor por Cristo. Nossa reação diante das circunstâncias da vida, o que falamos e o que fazemos, ou seja, nosso testemunho deve servir de exemplo e inspiração para elas. Nunca devemos esquecer que somos peças extremamente importantes para a salvação de nossas crianças. Elas precisam de nosso exemplo para receber de Deus as Boas Novas de Salvação.

Para impactar nossa nação, precisamos dizer NÃO para o padrão de vida que o mundo nos oferece como sendo “normal”, mas que na verdade tem desestruturado famílias e muitas vidas estão se perdendo. É preciso andar na contramão de uma sociedade corrupta e lasciva, a começar na minha família. Muitos pais têm permitido a invasão, através da TV e da Internet, de comportamentos mundanos e ensinamentos antibíblicos em seus lares que afastam nossas crianças do amor de Deus. É preciso ter uma visão mais crítica com menos permissividade. A indiferença de hoje pode gerar a lágrima do afastamento amanhã.

A mensagem do 12º CONOCRIN que desejamos transmitir é que, para impactar uma nação, primeiramente nossas vidas precisam estar impactadas e cheias do amor de Jesus. Só assim poderemos ser instrumento de Deus para abençoar a família, nossos vizinhos, nossa igreja e principalmente nossas crianças. Não podemos estar desatentos com a vontade de Deus e seus propósitos. Deus quer abençoar o nosso país e para isso deseja que nós estejamos aptos para ser um canal de bênçãos para que ele use conforme seu querer. A família deve ser o lugar onde a criança aprende e experimenta as maravilhas de Deus. São tais experiências que impulsionam nossos filhos a crerem no poder de Deus. “Mas Jesus, chamando-as para si, disse: Deixai vir a mim os pequeninos e não os impeçais, porque dos tais é o Reino de Deus.” Lc.18.16.

Esperamos em Deus que este congresso possa abençoar a família de nossas crianças tornado-as mais que vencedoras.

Ministério com Crianças da PIBCG

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

12º CONOCRIN - Congresso das Organizações de Crianças da PIBCG


O Ministério com Crianças da Primeira Igreja Batista de Campo Grande tem a alegria de convidar você e toda família para estarem conosco no 12º CONOCRIN - Congresso das Organizações de Crianças da Primeira Igreja Batista de Campo Grande, nos dias 21, 22 e 23 de outubro de 2011.


Estaremos dando continuidade ao mesmo tema da Campanha da Junta de Missões Nacionais para 2011. O tema do congresso será o mesmo: Minha Vida IMPACTO para a Nação. A divisa será conforme está escrito em Atos 17.6b “Estes que têm alvoroçado o mundo chegaram também aqui.”

A Programação do Congresso está bastante variada. Na abertura, sexta-feira às 19h30, teremos uma noite de adoração onde as nossas crianças apresentarão hinos e farão diversas demonstrações de louvor ao nosso Deus todo poderoso. É importantíssimo que todos venham prestigiar o talento de nossas crianças e adorarmos juntos a Jesus. Elas contam com a presença de toda a igreja.

Bianca Fucks
No sábado, às 14h00, teremos uma tarde com bastantes atividades: louvor, oficinas de pinturas e palestras sobre desenhos animados para as crianças, teatro infantil, brincadeiras e a mensagem da Palavra de Deus na linguagem das crianças. No estacionamento da igreja que estará fechado exclusivamente para as atividades do congresso, estará conosco a cantora Bianca Fucks cantando e se apresentando com seu Grupo Teatral Infantil. A festa continua até às 18h quando estaremos comemorando os aniversariantes do trimestre com um lindo bolo para toda garotada.

Ainda no sábado, para os Pais e Responsáveis, no grupo Minha vida, impacto para nação, a começar na minha família, teremos duas imperdíveis palestras com os temas:
- Criança precisa de Salvação? A importância da família na redenção da criança
- Santidade e Sexualidade - Como tratar desse assunto com os nossos filhos

Todos os pais e responsáveis de crianças de 0 a 11 anos estão convidados. Ministrando as palestras estarão o irmão Eduardo e sua esposa Edimar, ambos membros da Igreja Batista de Parque São Basílio.


Pr. Marcelo Farias, sua esposa
Cássia e seu filho Natan
No domingo dia 23, no culto da manhã, será o encerramento do 12º CONOCRIN. Teremos como mensageiro o Pr. Marcelo Farias do projeto Crianças para Jesus e responsável pela Gerência de Evangelismo e Discipulado da Junta de Missões Nacionais da CBB. Ele e a esposa estarão conosco ministrando a Palavra de Deus para toda a Igreja. Será um domingo especial com muito louvor e adoração. Nossas crianças estarão participando ativamente, cantando e tocando. O Coral Infantil apresentará um repertório inédito.

Cartaz para divulgação
Como que você que é Pai ou Responsável pode apoiar o 12º CONOCRIN?
- Orando,
- Divulgando,
- Trazendo as crianças do seu Bairro e
- Principalmente comparecendo.

Não falte! Nossas crianças aguardam a presença de toda a Igreja e dos pais e responsáveis para prestigiarem o congresso. Contamos com a sua presença. Vamos apoiar nossas crianças. Elas precisam de Deus, de Salvação e de famílias fortalecidas nas Santas Escrituras.

Ministério com Crianças da PIBCG

Clique aqui para saber como chegar à Primeira Igreja Batista de Campo Grandeque fica na Rua Ferreira Borges, 54 Campo Grande, Rio de Janeiro, RJ - Tel.: (21) 2413-3999

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

A Maior História do Mundo

Este vídeo, produzido pela Igreja Batista Redenção, explica de maneira didádica, a partir de um cubo, o amor de Deus para com o homem. Fala do Filho de Deus, Jesus, e de sua morte em favor da humanidade. Mostra ainda que Jesus venceu a morte e ressuscitou. Apresenta de maneira muito simples o propósito de Deus para a humanidade.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

7 frases que não devem ser ditas às crianças

Publicado em , por Amilton Menezes

1. “Você é um mau menino.”
2. “Eu preferia que você não tivesse nascido.”
3. “Seu pai (sua mãe) e eu estamos nos separando por sua causa.”
4. “Por que você não pode ser como seu irmão?”
5. “Faço tudo por você e não recebo nada em troca.”
6. “Você está agindo como um bebê. Devia se envergonhar disso.”
7. “Eu não acredito que você esteja com medo desse cachorrinho manso.”


O Pastor Amilton Menezes é Radialista e Jornalista.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Escola Bíblica de Férias da PIBCG - Jesus na minha Família

A Primeira Igreja Batista de Campo Grande através do seu Ministério com Crianças promoveu nos dias 29 a 30 de julho às 15 às 17h e no domingo dia 31 de julho às 8h30 uma Escola Bíblica de Férias. O tema escolhido foi: “Jesus na minha Família”. A divisa do evento está em Lucas 8.21 “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que ouvem a palavra de Deus e a executam.”

O objetivo da EBF foi totalmente evangelístico, ou seja, levar o Plano de Salvação para as nossas crianças e para os seus coleguinhas através de atividades, louvor, brincadeiras, teatro infantil, Contação de histórias, vídeos e gincanas. O projeto teve a firme proposta de promover o fortalecimento espiritual das nossas crianças.

A EBF aconteceu no Salão Social no térreo da Primeira Igreja Batista de Campo Grande - Rua Ferreira Borges, 54 (próximo à Rodoviária). A nossa querida Boneca Duda (Seminarista Luisa Fátima) esteve dirigindo o louvor e animando as crianças. Na sexta-feira a ênfase foi Jesus e seu amor pela família e no sábado o DAC (Departamento de Arte e Cultura da PIBCG) apresentou a vida de Abraão com uma linda peça dividida em três partes. As crianças fizeram um Tour através das salas com lindos cenários apropriados. Lá elas aprenderam sobre o amor de Deus com o exemplo do Pai da Fé, sua família, suas experiências de vida e o cumprimento da promessa de Deus em sua vida. No domingo a Escola Bíblica Dominical aconteceu normalmente às 8h30 e a EBF teve seu encerramento às 9h45 durante o culto da manhã no templo, com muito louvor, apresentação de um vídeo e a pregação da Palavra de Deus para toda a igreja pelo nosso Diácono Dalton.

Agradecemos aos pais e responsáveis que trouxeram suas crianças e aqueles que oraram, entraram em contato com os responsáveis de algumas crianças e trouxeram para estarem conosco.
Deus fez uma grande obra salvando muitas crianças do nosso bairro de Campo Grande. Cerca de vinte crianças aceitaram a Jesus como Salvador.

Agradecemos à liderança da igreja e todos os que nos ajudaram na realização da EBF e na Creche de apoio ao Encontro de Casais. Uma rica oportunidade para servir ao Senhor e anunciar o amor de Cristo para as nossas crianças. O nosso muito obrigado primeiramente a Deus, ao Pr. Carlos Elias pelo apoio e confiança, aos demais Pastores da Igreja, aos Embaixadores do Rei, ao DAC, ao Grifa, à equipe de Ornamentação, à equipe da Cantina e Cozinha, ao Min. de Tecnologia, Projeção, Comunicação, Sonoplastia, à Administração da Igreja, aos Zeladores, à Portaria, às Professoras, Mães e Voluntários do Ministério com Crianças. Se citarmos nomes, corremos o risco de esquecer alguém, por isso pedimos a Deus que recompensem a todos com bênçãos do céu.

 Aproveitamos para informar que o Ministério com Crianças da Primeira Igreja Batista de Campo Grande está à disposição dos irmãos na sala do Ministério, todas as terças-feiras, a partir das 19h00, e aos domingos pela manhã para atender a todos os pais e responsáveis para troca de experiências, orientação, tirar dúvidas, aconselhamento e principalmente para orar por nossas crianças.

Pedimos oração para as áreas do Ministério com Crianças
  • Berçário
  • Maternal
  • Escola Bíblica Dominical
  • Culto Infantil
  • Visitação
  • Discipulado Infantil
  • União de Juniores
  • Apresentação de Bebês
Contamos com as orações de todos. Temos muito a realizar na obra de Deus e podemos juntar as nossas mãos para o crescimento de Reino de Cristo em Campo Grande e na vida das nossas crianças.

Ministério Com Crianças da PIBCG
Newton Cezar



VEJA AS FOTOS DO EVENTO



quinta-feira, 14 de julho de 2011

Boneca missionária com 2 faces “evangeliza” em países pobres


Fonte: Agênia Pavanews, com informações de ABPnews

“Pedimos uma maçã e Deus deu-nos um pomar”, disse Joanne Mucci (foto), 70 anos. Com força de vontade e fé, ela organiza voluntárias para cortar e costurar pedaços de pano que darão forma às bonecas.

Depois de costurar as metades, colocar o enchimento e aplicar os cabelos, as duas faces são pintadas. Um rosto é triste, o outro é feliz. Um cartão laminado com uma mensagem escrita na língua falada no país de destino da boneca.

A mensagem conduz o leitor através de um túnel, triste e escuro do pecado (a face triste da boneca). Mas explica também como Jesus morreu para perdoar os nossos pecados, e oferece a boa notícia de uma nova vida com Cristo. O rosto sorridente do outro lado da boneca reflete essa nova vida.

Mucci pinta todas as faces, já foram cerca de 8.000 até agora. A maioria do  materia é fruto de doações. Mucci nunca recusa um pedido de bonecas desde que fez as 100 primeiras para contribuir com uma equipe missionária em 2007.

Michael “Welch” McCullough, da Primeira Igreja Batista de Lincolnton, NC, levou-as para Uganda. Ele as distribuiu aos moradores do país e deixou algumas com os ministérios locais para serem utilizadas na evangelização.

Susie Wiggins, uma das voluntárias do projeto, explica que as bonecas são algo que ela pode fazer em casa. ”Se você não pode ir, pode enviar algumas delas”, explica ela.

Marvin Tarleton levou mais 1.000 bonecas para o Quênia e disse que essa é a melhor ferramenta de pregação que ele já usou. Outro voluntário levou 35 exemplares para o Peru, onde afirma que foram “um sucesso”. Neste momento, cerca de 260 bonecas estão sendo preparadas para seguir até a Suazilândia, 104 irão para a Eslováquia e 50 para Moçambique.

Segundo os missionários, quanto mais carentes são as pessoas, mais bem aceitos são os presentes. Para mais informações, consulte www.dollsonmission.net.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Ministrando para Líderes de Crianças em Camboriú/SC

    Estivemos em Camboriú, Santa Catarina, nos dias 3, 4 e 5 de junho de 2011, palestrando no 10º Seminário de Escola Dominical e Teologia que aconteceu Pavilhão dos Gideões em Camboriú, SC. O evento foi promovido Departamento de Escola Bíblica Dominical da Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Camboriú com apoio da ETECAM - Escola Teológica de Camboriú. O tema, muito bem escolhido por sinal, foi: "Usarei os meus conhecimentos para mostrar que Deus, o meu Criador, é justo.” (Jó 36.3).

   Estavam ministrando nos Seminários e na Plenária eu e os pastores Lécio Dornas, Nilton Jorge e Elinaldo Renovato com os quais tive o prazer de passar momentos agradáveis à mesa na hora do almoço e do jantar. Para mim coube a responsabilidade de ministrar para Líderes de Crianças com o tema: Como ensinar sobre Deus e evangelizar crianças com atividades criativas e brincadeiras.
Alunos nota Dez. Sem eles o seminário não aconteceria.
   A educação e o carinho com que fui recebido pelo pastor Marcondes, por sua esposa e por toda igreja foi marcante em meu ministério. O pastor Marcondes é um verdadeiro homem de Deus que foi escolhido para administrar e dirigir toda programação e o faz com excelência.

   As dependências da igreja estavam impecáveis. Os irmãos são muito amáveis e sequiosos por aprender e praticar. Em eventos assim dão vontade de ministrar. Foram dias de muito trabalho, mas agradáveis. Deus retribua em dobro os dias maravilhosos que o Pr. Marcondes e a Igreja Assembleia de Deus em Camboriú me proporcionaram. Deus abençoe a todos.

   O tema escolhido para o meu seminário foi: Como ensinar sobre Deus e evangelizar crianças com atividades criativas e brincadeiras. Uma palestra prática com apresentação e realização de atividades apropriadas para crianças e perfeitamente aplicáveis à Escola Dominical. A ênfase foi dada na memorização e aplicação de vários versículos que auxiliam a aplicação do Plano de Salvação.

   Durante o seminário foram apresentadas na prática algumas atividades voltadas para evangelização e a arte de contar histórias para crianças utilizando objetos para contação de histórias. Foi muito bom poder falar sobre a contação de histórias de um jeito diferente e ver os olhos dos alunos brilhando com as novidades. A oficina de evangelizando com fantoches foi muito agradável e colocamos os participantes para praticarem com os bonecos.
 
Ministrando na Plenária para os participantes
   Na plenária estive pregando sobre o texto que está em Dt. 6.4-9 enfatizando a necessidade dos pais e educadores levarem o amor de Cristo para as nossas crianças. Deus foi glorificado e a mensagem foi pregada. Espero em Deus que todos possam colocar em prática os ensinamentos passados para honra e glória do Senhor Jesus. A mensagem vinda do Senhor procurou mostrar que Jesus precisa ser herói de suas crianças. Ele precisa ser a pessoa mais importante da vida das crianças. Nossas crianças precisam perceber nossa total submissão a Cristo. Ela precisa entender o amor de Deus como algo especial em sua família e na sua própria vida. Só assim ele também terá Jesus Cristo como seu melhor amigo.

   Se você sente no coração um chamado para aperfeiçoar seu ministério de evangelização infantil, ore a Deus. Diariamente, Deus está chamando homens e mulheres que estejam dispostos a servi-lo na salvação dos pequeninos. Com certeza Ele usará a sua vida no ministério que Ele tem preparado para você e suas crianças. Existem muitos pequeninos caminhando em direção ao inferno, sem Deus e sem salvação. O mundo está oferecendo muitas coisas atraentes e destruidoras. Precisamos agir rápido, pois “é melhor construir uma criança do que remendar um homem”.
  Que Deus abençoe a todos os participantes. Boas histórias e muitas crianças para Jesus! 

   Vejam abaixo alguma fotos do evento:
Pastores Marcondes, Elinaldo Renovato, Nilton Jorge e eu
Treinamento com Fantoches














Ministrando no seminário















Para ver mais fotos clique aqui e veja o álbum no meu Orkut.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Encerramento do Mês da Família na PIBCG

Pais e filhos cantam: "Bem vindo à Família, é bom estar aqui para compartilhar..."
   Neste domingo, dia 29/05, pela manhã, o Ministério com Crianças da Primeira Igreja Batista de Campo Grande no Rio de Janeiro teve uma participação especial no último culto matutino do Mês da Família. Como nesta data foi o 5º domingo, as crianças puderam participar mais ativamente do culto. A programação teve como tema “JESUS na minha família” e o culto foi dirigido pela nossa seminarista Luisa Fátima que veio vestida de Boneca Duda, personagem já conhecida por todos da PIBCG. A participação do Tio Newton com os Fantoches e da “Luana”, personagem menina interpretada pela Diaconisa Andréa Cezar, trouxeram simplicidade e alegria para as crianças e toda igreja.
    O foco do culto foi dar destaques para aquelas famílias incompletas: Filhos na igreja sem a presença da Mãe ou do Pai,  Filhos órfãos ou criados pelas Tias e Avós que muitas vezes ficam constrangidas em datas festivas como Dia dos Pais, Dia das Mães, Culto da Família (nosso caso). O convite foi feito para que todos fizessem parte da Grande Família de Deus que ama a todos conforme está em João 1.12 “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome”. Basta crer no nome de Jeus para fazer parte desta família maravilhosa.

   Foi um domingo marcante. O conjunto de flautas composto por crianças e o coro infantil sob a regência da irmã Mariane Moraes, apresentaram maravilhosos louvores. O momento que emocionou toda igreja aconteceu quando os pais das crianças subiram e cantaram juntos com os seus filhos o hino “Bem Vindo a Família” que foi acompanhado por toda igreja. Ficou tão bonito que o Pastor Carlos Elias pediu que o coral se apresentasse novamente à noite.

   No momento de oração e gratidão alguns casais celebraram aniversários de casamento e renovaram seus votos de matrimônio. Destaque para o casal Diácono Fernando Serra e irmã Letícia Rocha que fizeram troca de alianças com a oração feita pelo Pr. Carlos Elias. O Ministro das Famílias Pr. Anderson Maciel orou pelos casais consagrando o matrimônio.

   A mensagem da parte de Deus que foi pregada pelo novo Ministro de Evangelismo e Missões Pr. Elber Macharetti abençoou toda a igreja com a busca pelo fortalecimento do relacionamento através da Oração, Perdão e Amor. A receptividade da igreja foi grande e muitas vidas foram a frente clamando por restauração.

VEJA ABAIXO AS FOTOS:

Boneca Duda ministra o louvor.
Bonecos, Luana e Duda participam do culto.

Menina Luana e Boneca Duda

Fantoches, Luana e Duda



Pr. Carlos Elias ora pelos novos convertidos

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Infância roubada



Não teria como ignorar o trágico dia que todos nós vivemos com o assassinato a sangue frio de 12 crianças em uma escola pública no bairro de Realengo, Rio de Janeiro.
Todos ainda buscam respostas para o que não tem resposta: o que leva alguém a cometer tamanha covardia, tamanha atrocidade?
No jornal O Globo li uma entrevista da especialista em perfis criminosos Ilana Casoy. Ela deixa claro que nenhuma das informações colidas até agora sobre o assassino são determinantes para esta explosão de fúria. Nem o suposto bulling sofrido, o temperamento recluso, suposta religiosidade ou problemas mentais de sua mãe, por si só explicam seu crime.
Mas este fato isolado me chamou a atenção para uma realidade maior: apesar deste ter sido o mais brutal ataque contra a infância em nosso país, não foi, de modo algum, o primeiro nem tampouco o mais cruel:

1) Neste mesmo mês, um casal em Curitiba tentou abandonar na maternidade uma de suas filhas trigêmeas nascidas mediante um tratamento de fertilização in vitro. Por algum motivo ainda desconhecido, o casal de classe média alta, estava disposto a ter dois filhos, mas não três. Segundo notícia publicada no O Globo de 9/04/2011, eles haviam autorizado a adoção delas ainda no quarto mês de gravidez e tentado o aborto de uma delas no exterior.

2) O jornal extra noticiou em 07/04/2011: “A venda de um sutiã da Disney tem gerado muita polêmica. O motivo: a mercadoria é destinada a crianças de quatro a seis anos e tem enchimento. Consumidores de São Paulo, onde a rede Pernambucanas tem lojas, criticam a comercialização do produto. No Rio, a peça já foi vendida na Leader.
Nós nos perguntamos se uma criança dessa idade precisa usar um sutiã, ainda mais com enchimento. Chamamos isso de "adultização" da infância — disse a advogada Isabela Henriques, coordenadora do projeto Criança e Consumo do Instituto Alana, lembrando ainda que o produto é licenciado pela Disney, uma marca de confiança, credibilidade e qualidade.”

3) A dona de casa Silvânia Pires de Souza, 21 anos, está presa na cadeia de Ibiá, no Alto Paranaíba (MG), sob suspeita de ter atirado a filha de 5 meses no rio Misericórdia, na tarde desta terça-feira dia 8/03/2011.

4) em 30/07/2010, a BBC fez uma reportagem sobre prostituição infantil no Brasil que mostrou que crianças de 13, 12 e até 11 anos estão suprindo uma crescente demanda de turistas estrangeiros que viajam ao Brasil atrás de sexo. A cada semana, operadores de turismo despejam nas cidades brasileiras milhares de homens europeus que chegam em voos fretados especialmente ao Nordeste em busca de sexo barato, incentivando assim a prostituição.

5) Em 29/04/2010 o Estado de São Paulo noticiou que uma procuradora de Justiça aposentada foi indiciada pelo crime de tortura qualificada pelas agressões a uma criança de 2 anos. A menina estava sob sua guarda provisória em processo de adoção. Segundo depoimento do conselheiro tutelar, a criança estava no chão do terraço onde fica o cachorro da procuradora aposentada. De lá, a menina foi levada para um hospital. Com os olhos inchados, ela precisou passar três dias internada.

6) Em 7/3/2010 – A Mini Lady Gaga, uma criança de apenas 8 anos, dá show ao vivo no palco do programa Domingo Legal exibido no SBT. Ela foi introduzida ao palco por um homem vestido igual a cantora americana Beioncé, chamado no programa Bananaoncé”. Lady Gaga é uma polêmica cantora que faz inúmeras referências sexuais, inclusive sadomasoquistas, sempre com um visual bizarro e doentio em seus clipes.

O que está acontecendo?
Vivemos em uma sociedade decadente, em acelerado processo de decomposição. Falta de autoridade de pais e professores, grande liberdade de ação e estímulo ao consumo desenfreado para adolescentes e jovens além de total incentivo dos meios de comunicação para que cada um haja como melhor lhe convier, sem se preocupar com o amanhã, muito menos com seu próximo, levou a criação de uma geração de pessoas egoístas e agressivas, voltadas unicamente para o seu prazer, para a sua satisfação pessoal.
Este é o resultado de um mantra subliminarmente repetido: “não me arrependo de nada”, “viva o momento”, “carpe diem”, “você não manda em mim, a vida é minha”.
Em uma sociedade pautada por estes valores, o prazer pessoal é uma obrigação e qualquer responsabilidade com o próximo é um obstáculo a ser eliminado.
Mas ainda há um último tabu que ainda resta a cair: nossas crianças. Quando pensamos em infância, imediatamente nos vêm à mente palavras como inocência, alegria, necessidade de proteção e futuro. Mas, como podemos ver pelos exemplos acima, forças malignas tem tido um intenso trabalho para destruir o último bastião de humanidade que ainda resta em nosso país. Diariamente, crianças inocentes de sido adultizadas, agredidas, violentadas, prostituídas e assassinadas em nosso país. Diariamente.
Nesta semana, minha filha de 6 anos chegou em casa cantando a música Alejandro, de Lady Gaga. Me surpreendi com o fato, visto que em casa minha filha não houve músicas adultas, somente músicas infantis e nem eu nem minha esposa ouvimos este tipo de música. Embora eu já conhecesse a canção devido a matérias na TV, perguntei a ela que música era aquela. Ela respondeu: “Lady Gaga”. Perguntei então onde ela havia aprendido. A resposta me chocou: “na escola. A Tia canta ela todo o dia”.
Como podemos esperar ter algum futuro se tratamos assim o nosso futuro? Crianças são adestradas a serem fúteis e consumistas como são os adolescentes os quais por sua vez, mimetizam o comportamento dos jovens e adultos. Pais sem autoridade ou massa crítica, fazem todas as suas vontades para tentar subornar alguns minutos de paz. E assim gira a roda do consumo.
Não creio que haja alguma sociedade secreta ou teoria da conspiração que seja responsável pela prática sistemática de tamanha insanidade contra nossas crianças. Os casos que relatei acima não possuem correlação entre si, mas são todos frutos de um mesmo mal.
Sua origem é mais profunda, invisível, demoníaca. Está aberta uma temporada de caça contra nossos filhos. Todos os meios serão utilizados para roubar-lhes a infância ou mesmo a vida. Isto ocorre pela nossa inação como igreja, família e sociedade. Se não nos capacitarmos espiritualmente, e não pregarmos o bem e denunciarmos o mal, se não pagarmos o preço de sermos intransigentes na defesa dos valores cristãos, veremos a cada dia se cumprir dentro de nossas próprias casas o texto de II Tim. 3.1-5: 

Sabe, porém, isto; que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos; porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te”.
 ____________________________________________________________
Extraído com autorização do Blog ComunicArte http://comunicarteei.blogspot.com/
Escrito pelo meu amigo e irmão Robson Rocha:
Publicitário, formado em Comunicação Social pela Universidade Federal Fluminense e MBA em Marketing pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, autor dos livros Se Conselho Fosse Bom..., Prêmio Areté 2007 na área de Jovens e Adolescentes e do livro Publicidade para Igrejas, juntamente com Rafael Paixão. Casado com Adriana e pai de Beatriz, atualmente chefia o setor de Marketing da CPAD e é membro da Igreja Cristã de Nova Vida da Freguesia, RJ.

terça-feira, 3 de maio de 2011

10º SEMINÁRIO DE ESCOLA DOMINICAL E TEOLOGIA

10º Seminiário de Escola Dominical e Teologia - 03 a 05/06/2011
Tema: “ Usarei os meus conhecimentos para mostrar que Deus, o meu Criador, é justo.” (Jó 36.3)

Local: Templo Sede de Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Camboriú – SC (Pavilhão dos Gideões)

Realização:

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE CAMBORIÚ - SC
Departamento de Escola Bíblica Dominical
ETECAM - Escola Teológica de Camboriu

Objetivo deste curso:

    * Despertar e capacitar professores, líderes, pais e alunos de Escola Dominical e Teologia para exercerem eficientemente suas funções educativas e ministeriais no lar e na Igreja.
    * Prepará-los para o desenvolvimento da formação ética, pensamento crítico, organização e responsabilidade como cristão comprometido com o ensino e preparado para a docência.

SEMINÁRIOS / PRELETORES

  • PARA PROFESSORES DE JOVENS E ADULTOS:

1. O PROFESSOR COMO FACILITADOR DO APRENDIZADO

Pr. Elinaldo Renovato de Lima (RN)

É Ministro do Evangelho, comentador das revistas Lições Bíblicas da CPAD, professor universitário e bacharel em ciências econômicas. É também autor de vários livros.

2. PROFESSOR NOTA 10

Pr. Lécio Dornas (RJ)

Pastor da Igreja Batista Dois de Julho em Salvador – BA, Formação de Liderança - Docente Nacional e Coordenador do Corpo Docente do Instituto Haggai do Brasil, Segundo Vice Presidente da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil, membro do Conselho Geral da Convenção Batista Baiana  e membro da Diretoria Nacional  da Sociedade Bíblica do Brasil e Docente do seu Seminário de Ciências Bíblicas.
  • PARA PROFESSORES DE ADOLESCENTES:

3. EVANGELISMO PARA ESTA GERAÇÃO

Pr. Nilton Jorge (ES)

Bacharel em Teologia pelo instituto Biblico Betel Brasileiro, tem cooperado como pregador e Conferencista em todo solo nacional e internacional. Pastor na Igreja Assembléia de Deus - Jardim da Penha - Vitória/ES

  • PARA PROFESSORES DE CRIANÇAS:

4. COMO ENSINAR SOBRE DEUS E EVANGELIZAR CRIANÇAS COM ATIVIDADES CRIATIVAS E BRINCADEIRAS

Dc. Newton Cezar (RJ)

Diácono e Líder do Ministério com Crianças da PIB de Campo Grande - RJ, conferencista, com cerca de vinte anos de experiência no ministério com crianças, foi palestrante no 2º Congresso de Educação e Evangelização Infanto-Juvenil da CPAD e no CIMAD.


LOUVORES:

Irmãs Camilo (SC)

INVESTIMENTO

R$ 40,00 (quarenta reais)

No valor da inscrição estão inclusos pasta, apostila, crachá, certificado personalizado, bloco para anotações e caneta. Atenção: hospedagem, refeição e transporte NÃO estão inclusos no valor da inscrição.

COMO FAZER SUA INSCRIÇÃO:

INSCRIÇÕES ATÉ 01/Junho/2011 (ou enquanto houver vagas)

   1. Pela Internet: no site www.ieadcamboriu.com.br/seminarioebd
   2. Por telefone: com Eduardo no número (47) 3404-8754, em horário comercial.
   3. Pessoalmente:
          * em uma das congregações: informar-se com o dirigente local
          * em nosso escritório central: com Eduardo, em horário comercial.


quarta-feira, 27 de abril de 2011

Projeto
Palco (casa) para Teatro de Fantoches

Culto Infantil realizado na Cidade de Igrejinha - RS
Como é gostoso ver um sorriso estampado no rosto de uma criança. Ver seus olhos brilhando ao assistir um teatro de bonecos. Elas gritam, riem e falam com os personagens como se tivessem vida. O teatro de fantoches torna a história bem mais participativa. Por isso, é perfeito para apresentação para crianças, que acabam memorizando melhor a história. Seja em igrejas, festa infantil, playground, clubes ou em casa com a família, uma boa história apresentada por intermédio dos fantoches traz alegria e descontração, além de conseguir prender a atenção de todos. O fantoche dá mais animação às histórias e faz a criança viajar no mundo da imaginação, oferecendo mais vida às narrativas.

Para apresentar um teatro de fantoches de forma prática e fácil, o palco é uma parte importante e deve ser de fácil montagem e desmontagem; simples, porém alegre e colorido. Quando possível é bom variar o cenário de acordo com a história.

Existem vários recursos de baixo custo que podem ser usados e que garantem uma boa apresentação. Veja algumas sugestões (algumas encontradas na Internet):

Palco feito com Caixa de Papelão
- Palco de caixa de papelão (de geladeira, fogão ou de CPU de computador) - forrada com papel colorido ou TNT e com recorte de uma janela para aparecer os bonecos dá muito resultado. É só colocar uma cortininha e pronto.

- Bambolê suspenso - com um suspensório nos ombros e preso a um bambolê bem grande pode servir de sustentação de um lençol fino e os braços do manipulador ficam por dentro. O Manipulador contracena com os bonecos, pois ele aparece dos ombros para cima.

- Vão de porta ou janela - serve para encenar com fantoches. Basta esticar um lençol ou aplicar uma “porta” de pano (ou TNT) com uma abertura para a encenação dos bonecos.

- Canos de PVC ou estrutura de alumínio - serve de base para sustentar uma lona ou TNT colorido, basta usar a criatividade.


Basta um pouco de criatividade para escolher um cantinho especial para contar as mais lindas histórias.

Depois de alguns anos atuando no Ministério de Evangelismo Infantil, sentimos a necessidade de ter uma casa de fantoche mais prática, tanto na montagem, como no transporte. Fizemos um projeto, procuramos um marceneiro de confiança, nossa amiga missionária Ingrid Grubinger emprestou seu talento com pintura e assim ficou pronta nossa linda casinha de fantoches. Com ela já levamos a palavra de Deus em várias igrejas da Cidade do Rio de Janeiro e também em: Uberlândia, MG; Colubandê, RJ; Camboriú, SC, Acampamento de Crianças Carentes da APEC; Bienal do Livro, RJ e muitos outros lugares.
Veja o projeto abaixo. Se desejar pode fazer a sua também. É fácil de fazer e de carregar.





 Meu desejo é que este projeto possa abençoar e alcançar muitas e muitas crianças através de lindas histórias.

Graça e Paz!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Ministrando Louvor com as crianças


A ministração do louvor com as crianças deve ser espontânea, alegre e sincera. Quando louvamos a Deus nosso objetivo deve ser somente a Glória dEle. A música entoada não deve servir apenas para passar o tempo ou como "quebra gelo" no início de uma programação ou culto.

Nossas crianças precisam entender que a adoração é algo solene, alegre, espontâneo e vindo direto do coração. O louvor deve expressar o mais profundo amor por Deus que vem do íntimo de nossa alma.

Mas o que é Adoração?
A palavra hebraica hitawa significa prostrar-se ou curvar-se. Isto não significa que devemos sempre nos encurvar com o rosto em terra cada vez que adoramos a Deus. Essa é uma atitude simbólica. Se o adorador assim desejar fazer, deve fazer de forma sincera e não por imposição cultural ou da igreja em que ele congrega.

A adoração tem mais haver com serviço e respeito, do que com a música que entoamos no momento do louvor. Prostrar-se diante de alguém significa reconhecê-lo como seu Senhor. Você é servo dele, e ele é seu senhor. Ele dá as ordens, e você tem de obedecê-las.

Em nossos dias, o louvor está intimamente associado à música e aos cânticos nas igrejas, nos cultos e eventos. O que vemos nas igrejas é um louvor barulhento, envolvendo frequentemente o uso de instrumentos pesados como sendo a parte mais importante do culto.

Atualmente existem diversos cânticos sem sentido, com letras evasivas e sem mensagem, nem de adoração nem de edificação espiritual. Não passam de músicas para passar o tempo ou para alegrar o povo. Isso não é louvor. O mundo está cheio de cantigas para crianças, muitas delas com letras inteligentes e engraçadas. Mas nós precisamos levar para as nossas crianças louvores que edifiquem e que sirvam com instrumento de adoração. Levando a criança a entender e praticar a verdadeira adoração. Não somente na igreja, mas como um modo de vida.

Quando adoramos a Deus devemos nos prostrar e reconhecer seu Senhorio sobre nós. Adoramos a Deus pelo o que Ele é. Quando louvamos, a ideia é levantar nossas cabeças a Deus, proclamar alegremente quem Ele é e o que tem feito por nós.

Para uma criança entender tudo isso e absorver como verdade em sua vida, precisamos começar com cânticos simples, com mensagens diretas e alegres.

Um exemplo de música simples é o Cântico “Dia lindo”. Este é um cântico que costumamos cantar nas igrejas e eventos de evangelismo infantil. Com uma melodia simples e cativante, este cântico consegue motivar as crianças a andarem em harmonia com seus amiguinhos e com Deus.

Para que as crianças entendam o significado do cântico e porque estão cantando é importante que haja uma ministração antes. Passar a letra da música antes, explicar o sentido da letra etc.  O Cântico pode ser introduzido pelos versículos abaixo:
Salmos 118:24 "Este é o dia que fez o SENHOR; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele."
Salmos 133:1 "Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união." 
Depois cante alegremente e com gestos. Elas vão adorar!

Dia lindo

Hoje é um dia lindo
me sinto contente! (bis)

Levanto e salto,
meia volta e sento. (bis)

Mas se andarmos juntos,
se andarmos juntos,
se andarmos juntos

Amigos seremos! (bis)

Pois o meu amigo é seu amigo
e o seu amigo é amigo meu. (bis)

Assista a um vídeo, com uma parte desta música, gravado no CIMAD (Congresso de Missões) que aconteceu em Novembro de 2010 no RioCentro.


Como está escrito no livro de Salmos 150:6 "Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR"

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

CONTAÇÃO DE HISTÓRIA - Timóteo – Um Jovem que cresceu nos caminhos do Senhor.


Contar histórias é uma ótima ferramenta para ensinar, educar, estimular e principalmente transmitir os ensinamentos da Palavra de Deus. Utilizar histórias de fundo moral, social ou espiritual ajuda na construção da vida da criança. Estimula a imaginação, cria conceitos, forma hábitos e desenvolve a espiritualidade.

"Ah, como é importante para a formação de qualquer criança ouvir muitas, muitas histórias... Escutá-las é o início da aprendizagem para ser um leitor, e ser leitor é ter um caminho absolutamente infinito de descoberta e de compreensão do mundo..." (Fanny Abramovich)

Quando contamos histórias podemos utilizar recursos e objetos para segurar a atenção e conquistar o amor e o carinho das crianças adaptando o texto para uma linguagem apropriada à cada faixa etária. Este recurso e perfeitamente aplicável à Escola Bíblica Dominical.

Para exemplificar, leia abaixo uma história que eu e minha esposa escrevemos para contar para as crianças de nossa igreja. Vale lembrar que sempre que algum personagem é mencionado na história o utensílio que o representa interage com movimentos e voz própria.

HISTÓRIA
Timóteo
Um Jovem que cresceu nos caminhos do Senhor.


Nesta história os personagens serão representados por artefatos e pertences que correspondam a faixa etária ou profissão. Os objetos aparecem, "falam", "andam" e se relacionam de acordo com sua participação do personagem no desenrolar da história.

 
Lóide – Avó de Timóteo – Panela
Eunice – Mãe de Timóteo – Rolo de Pastel
Timóteo Criança – Tênis de criança
Timóteo Adolescente – Boné
Timóteo Jovem – Tênis grande
Paulo – Sapato de homem
Barnabé – Sapato de homem
Silas – Sandalha de Homem 

TEXTO BÍBLICO - II Timóteo 3.14 e 15

14 Quanto a você, continue firme nas verdades que aprendeu e em que creu de todo o coração. Você sabe quem foram os seus mestres na fé cristã.
15 E, desde menino, você conhece as Escrituras Sagradas, as quais lhe podem dar a sabedoria
que leva à salvação, por meio da fé em Cristo Jesus.


Hoje nós vamos contar a história de um garoto da cidade de Listra. Listra era uma cidade conhecida como “Mui Luminosa Colônia de Listra”. Nesta cidade, situada mais no oriente, 40 Km ao sul de Icônio, era extremamente idólatra, com vários templos e deuses: como Júpiter, Mercúrio e outros.
Apesar de morar numa cidade idólatra, esse garoto, mesmo tendo um Pai grego, foi educado por sua avó Lóide (mostrar a panela) e por sua mãe Eunice (mostrar o Rolo de Pastel) que eram judias convertidas e criam em Jesus.
Alguém sabe me dizer quem era esse garoto?
Seu nome era TIMÓTEO (mostrar o Tênis de criança).
Esse garoto cresceu estudando as escrituras, com os ensinamentos de sua avó Lóide. Ela todos os dias contava as histórias dos grandes heróis da Bíblia. Homens e mulheres notáveis das Sagradas Escrituras.
Ele foi crescendo e nunca esqueceu daquilo que ele ouviu de sua avó e de sua mãe.
Mas como toda família, a dele também tinha problemas. Vamos ver?!?

AVÓ LÓIDE – Vamos lá meu neto. Está na hora de ir para a igreja. Hoje teremos o início da EBF e você não pode chegar atrasado.

TIMÓTEO – Oba!!! Mãe, o Papai não vai com a gente?

MÃE EUNICE – Não meu filho. Você sabe que seu pai é grego.

TIMÓTEO – Poxa... Gostaria tanto que o papai fosse com a gente.

E Timóteo foi crescendo e tornou-se um adolescente saudável e muito inteligente. (mostra o boné) Mas, como acontece com todo adolescente, os conflitos começaram a aparecer...

MÃE – Vamos filho! Assim vamos chegar atrasado na igreja para a Escola Dominical. Lembre-se que você faz parte da equipe de louvor.

TIMÓTEO – Puxa mãe. Eu estou com sono. Queria dormir um pouco mais. (boceja)

MÃE – Vamos filho! Você está se esquecendo que devemos buscar primeiro o reino de Deus?

TIMÓTEO – Acho que eu vou ficar em casa com o meu pai.

AVÓ – Meu neto querido. Lembre-se que o seu testemunho pode ajudar na conversão de seu pai.

O tempo foi passando e um dia chegaram dois homens de Deus na cidade de Listra, Paulo e Barnabé.(mostrar os dois sapatos) Em sua primeira viagem missionária, estavam anunciando o Evangelho do Senhor Jesus e fugiam da perseguição dos judeus e dos gentios de Icônio. Lá em Listra eles curaram um homem aleijado, e foram declarados deuses pela multidão, que depois queriam apedrejá-los por que eles não aceitaram a adoração do povo. A semente do Evangelho ficou na cidade.

Algum tempo depois, Paulo, retorna a Listra, em sua segunda viagem missionária, acompanhado por Silas (mostrar a Sandalha de homem). E eis que estava ali um certo discípulo, que apesar de tímido e reservado, era respeitado em sua cidade como jovem temente a Deus e crente no Senhor Jesus. Acho que vocês já sabem de quem eu estou falando, não?
Sim. Era o nosso amigo Timóteo (mostrar o Tênis grande). Desde pequeno ele ouvia os ensinamentos de sua avó e de sua mãe e guardava em seu coração tudo que aprendia. Tornou-se um jovem talentoso e temente a Deus.
Paulo reconheceu isso e quis que Timóteo fosse com ele anunciar o Evangelho. Se tornaram parceiros na fé e grandes amigos. Ninguém conhecia Paulo como Timóteo, a ponto de Paulo considerá-lo como um filho.
Timóteo foi crescendo e a cada passo que ele dava com Paulo, a cada viagem que ele representava o apóstolo Paulo na sua ausência, ele crescia na fé e tornou-se, apesar de jovem, Pastor e Missionário.
E você também pode ser como Timóteo.
Não sabemos como está a situação da sua família.
Se todos são crentes ou não. Se você vem para a igreja com sua mãe, sua avó, sua tia... não importa.
O que realmente importa e estar firme naquilo que prenderam e que desde a infância estude as Sagradas Escrituras que podem fazer de você uma pessoa sábia para a salvação pela fé em Jesus Cristo.
Você já é filho de Deus? Caso não seja, você quer receber este presente de Deus. Quer receber a Cristo hoje e tornar-se um filho de Deus? Faça a escolha certa, receba Jesus em seu coração. Você mesmo sendo criança pode também receber Jesus em seu coração. A Bíblia diz em João 3.16 – “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Você quer fazer uma oração comigo?

ORAÇÃO:
— Senhor Jesus, eu reconheço que sou pecador e preciso de salvação. Agora eu sei que o Senhor morreu na cruz pelos meus pecados. E quero receber senhor Jesus como meu salvador. Eu venho lhe pedir perdão pelos meus erros e peço que o Senhor me aceite como membro da sua família. A Família de Deus.

Se você fez essa oração e quer receber Cristo como seu Salvador, mostre isso levantando uma de suas a mãos. E se quiser vir pode ficar aqui do meu lado.

E Você que já creu no Senhor Jesus, mas deseja ter uma vida mais próxima de Deus. Fazer como Timóteo e ser um Missionário, pregando e abençoando vidas, levante uma das suas mãos, fique de pé e demonstre isso vindo aqui que nós vamos orar por você.

ORAÇÃO...

Antes de contar a história é recomendável fazer uma boa pesquisa sobre a vida de Paulo e Timóteo. Perguntas podem surgir e esta história precisa ser contada com bastante entonação e sincronizada com o movimento dos objetos. Isto prenderá a atenção das crianças.

Boa história e muitas crianças para Jesus!
Related Posts with Thumbnails