quarta-feira, 27 de abril de 2011

Projeto
Palco (casa) para Teatro de Fantoches

Culto Infantil realizado na Cidade de Igrejinha - RS
Como é gostoso ver um sorriso estampado no rosto de uma criança. Ver seus olhos brilhando ao assistir um teatro de bonecos. Elas gritam, riem e falam com os personagens como se tivessem vida. O teatro de fantoches torna a história bem mais participativa. Por isso, é perfeito para apresentação para crianças, que acabam memorizando melhor a história. Seja em igrejas, festa infantil, playground, clubes ou em casa com a família, uma boa história apresentada por intermédio dos fantoches traz alegria e descontração, além de conseguir prender a atenção de todos. O fantoche dá mais animação às histórias e faz a criança viajar no mundo da imaginação, oferecendo mais vida às narrativas.

Para apresentar um teatro de fantoches de forma prática e fácil, o palco é uma parte importante e deve ser de fácil montagem e desmontagem; simples, porém alegre e colorido. Quando possível é bom variar o cenário de acordo com a história.

Existem vários recursos de baixo custo que podem ser usados e que garantem uma boa apresentação. Veja algumas sugestões (algumas encontradas na Internet):

Palco feito com Caixa de Papelão
- Palco de caixa de papelão (de geladeira, fogão ou de CPU de computador) - forrada com papel colorido ou TNT e com recorte de uma janela para aparecer os bonecos dá muito resultado. É só colocar uma cortininha e pronto.

- Bambolê suspenso - com um suspensório nos ombros e preso a um bambolê bem grande pode servir de sustentação de um lençol fino e os braços do manipulador ficam por dentro. O Manipulador contracena com os bonecos, pois ele aparece dos ombros para cima.

- Vão de porta ou janela - serve para encenar com fantoches. Basta esticar um lençol ou aplicar uma “porta” de pano (ou TNT) com uma abertura para a encenação dos bonecos.

- Canos de PVC ou estrutura de alumínio - serve de base para sustentar uma lona ou TNT colorido, basta usar a criatividade.


Basta um pouco de criatividade para escolher um cantinho especial para contar as mais lindas histórias.

Depois de alguns anos atuando no Ministério de Evangelismo Infantil, sentimos a necessidade de ter uma casa de fantoche mais prática, tanto na montagem, como no transporte. Fizemos um projeto, procuramos um marceneiro de confiança, nossa amiga missionária Ingrid Grubinger emprestou seu talento com pintura e assim ficou pronta nossa linda casinha de fantoches. Com ela já levamos a palavra de Deus em várias igrejas da Cidade do Rio de Janeiro e também em: Uberlândia, MG; Colubandê, RJ; Camboriú, SC, Acampamento de Crianças Carentes da APEC; Bienal do Livro, RJ e muitos outros lugares.
Veja o projeto abaixo. Se desejar pode fazer a sua também. É fácil de fazer e de carregar.





 Meu desejo é que este projeto possa abençoar e alcançar muitas e muitas crianças através de lindas histórias.

Graça e Paz!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Ministrando Louvor com as crianças


A ministração do louvor com as crianças deve ser espontânea, alegre e sincera. Quando louvamos a Deus nosso objetivo deve ser somente a Glória dEle. A música entoada não deve servir apenas para passar o tempo ou como "quebra gelo" no início de uma programação ou culto.

Nossas crianças precisam entender que a adoração é algo solene, alegre, espontâneo e vindo direto do coração. O louvor deve expressar o mais profundo amor por Deus que vem do íntimo de nossa alma.

Mas o que é Adoração?
A palavra hebraica hitawa significa prostrar-se ou curvar-se. Isto não significa que devemos sempre nos encurvar com o rosto em terra cada vez que adoramos a Deus. Essa é uma atitude simbólica. Se o adorador assim desejar fazer, deve fazer de forma sincera e não por imposição cultural ou da igreja em que ele congrega.

A adoração tem mais haver com serviço e respeito, do que com a música que entoamos no momento do louvor. Prostrar-se diante de alguém significa reconhecê-lo como seu Senhor. Você é servo dele, e ele é seu senhor. Ele dá as ordens, e você tem de obedecê-las.

Em nossos dias, o louvor está intimamente associado à música e aos cânticos nas igrejas, nos cultos e eventos. O que vemos nas igrejas é um louvor barulhento, envolvendo frequentemente o uso de instrumentos pesados como sendo a parte mais importante do culto.

Atualmente existem diversos cânticos sem sentido, com letras evasivas e sem mensagem, nem de adoração nem de edificação espiritual. Não passam de músicas para passar o tempo ou para alegrar o povo. Isso não é louvor. O mundo está cheio de cantigas para crianças, muitas delas com letras inteligentes e engraçadas. Mas nós precisamos levar para as nossas crianças louvores que edifiquem e que sirvam com instrumento de adoração. Levando a criança a entender e praticar a verdadeira adoração. Não somente na igreja, mas como um modo de vida.

Quando adoramos a Deus devemos nos prostrar e reconhecer seu Senhorio sobre nós. Adoramos a Deus pelo o que Ele é. Quando louvamos, a ideia é levantar nossas cabeças a Deus, proclamar alegremente quem Ele é e o que tem feito por nós.

Para uma criança entender tudo isso e absorver como verdade em sua vida, precisamos começar com cânticos simples, com mensagens diretas e alegres.

Um exemplo de música simples é o Cântico “Dia lindo”. Este é um cântico que costumamos cantar nas igrejas e eventos de evangelismo infantil. Com uma melodia simples e cativante, este cântico consegue motivar as crianças a andarem em harmonia com seus amiguinhos e com Deus.

Para que as crianças entendam o significado do cântico e porque estão cantando é importante que haja uma ministração antes. Passar a letra da música antes, explicar o sentido da letra etc.  O Cântico pode ser introduzido pelos versículos abaixo:
Salmos 118:24 "Este é o dia que fez o SENHOR; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele."
Salmos 133:1 "Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união." 
Depois cante alegremente e com gestos. Elas vão adorar!

Dia lindo

Hoje é um dia lindo
me sinto contente! (bis)

Levanto e salto,
meia volta e sento. (bis)

Mas se andarmos juntos,
se andarmos juntos,
se andarmos juntos

Amigos seremos! (bis)

Pois o meu amigo é seu amigo
e o seu amigo é amigo meu. (bis)

Assista a um vídeo, com uma parte desta música, gravado no CIMAD (Congresso de Missões) que aconteceu em Novembro de 2010 no RioCentro.


Como está escrito no livro de Salmos 150:6 "Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR"
Related Posts with Thumbnails